Welcome

3 formas de entrar em universidades no Brasil – Saiba como se graduar!

Passar no vestibular e conseguir uma vaga universitária é o desejo de muitos candidatos brasileiros, e não estamos falando somente de quem acaba de concluir o ensino médio. Os dados divulgados pelo último relatório realizado pelo Ministério da Educação demonstram que o perfil universitário tem se diversificado, em partes consequência dos projetos de adesão universitária.

Os programas de educação mais famosos no Brasil são o Prouni, FIES e Sisu. Todos eles oferecidos pelo governo, exceto o financiamento que também pode ter participação de empresas. Cada uma das modalidades oferece um beneficio diferente. Aqui você entenderá as diferenças.

Sisu

O Sisu (Processo de Seleção Unificada) é um programa de inclusão das universidades federais brasileiras. Ou seja, aqui só estão listadas as universidades e institutos de todos os estados do país, o que é uma grande porta aberta para os candidatos dispostos a estudar longe de casa.

Podem participar todos os candidatos. Aos que se declaram negros, pardo e/ou de baixa renda podem fazer a inscrição na modalidade de cotas. Para fazer a sua inscrição acesse: sisu2020.info

Para realizar a inscrição é preciso ter realizado a última edição do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), ter obtido pelo menos 480 pontos de média e não ter zerado a redação.

Prouni

O Prouni (Programa Universidade Para Todos) é o programa de inclusão universitário aos alunos de baixa renda. Para conseguir as bolsas universitárias é preciso declarar que ganha até três salários mínimos de renda bruta mensal. Como prova será preciso apresentar documentação de todos os familiares que moram com o estudante e uma documentação ostensiva para realização da matrícula, mas em jogo estão bolsas de 50% e 100% em qualquer curso de graduação.

FIES

Esse é o principal modelo de financiamento estudantil do país. A operação é realizada pela Caixa com dinheiro do Governo Federal e compartilhado os títulos entre empresas. Em algumas modalidades do novo FIES o empréstimo é feito até por meio do BNDES, o Banco Nacional de Desenvolvimento

Em todos os tipos de projetos governamentais são usada as notas do ENEM como requisito para a inscrição. Além disso, também são privilegiados para a escolha aqueles que ainda não possuem um diploma universitário em qualquer modalidade de graduação.

Desse modo, pode-se dizer que o ENEM se tornou o canal oficial para conseguir entrar numa universidade no Brasil. Além dele, restam as provas de vestibulares de cada uma das universidades para quem quer pagar zero de mensalidade.

O processo seletivo das federais, entretanto, promete grande concorrência e, em geral, é preciso ter uma média maior nos acertos do processo seletivo da universidade do que proporcionalmente às questões do ENEM.

Na rede privada de educação é possível encontrar várias outras possibilidades de bolsas e empréstimos estudantis, sobretudo par quem pretende estudar fora do país ou fazer cursos quesão a nível profissionalizante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *