Welcome

5 dicas para tirar nota máxima nas provas de múltipla escolha (marcar x)

Os exames de múltipla escolha parecem simples, mas encerra uma grande complexidade. Por sorte ou azar de alguns esse estilo é adotado pela maior parte dos vestibulares brasileiros, incluindo o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)  – um dos principais recursos para entrar em universidades públicas e privadas do país.

Responder primeiro o que sabe, pensa as coisas duas vezes e leia com atenção os enunciados são três bons conselhos.
Os exames de múltipla escolha costumam gerar dúvidas, hesitações e erros freqüentes em estudantes universitários. Apesar de que à primeira vista parecem simples -não demandariam mais complexidade do que assinalar as respostas corretas entre duas ou mais alternativas dadas – este tipo de exame pode ser mais complexos ainda que uma tradicional prova de perguntas e respostas.Mas o cerne é resolvido com um pouco de astúcia e estratégia.

Se você está se preparando para um exame de múltipla escolha para a universidade, os seguintes dicas servirão de guia para obter melhores resultados é melhor seguir esses conselhos!

Exam Selection

1. Responder primeiro o que sabe

Se você parar para responder pela ordem é provável que nunca chegue à última pergunta. Concentre-se em responder, primeiramente, aquelas em que realmente esteja seguro. Desta forma, você poderá dividir o tempo restante para as mais complexas.

2. Tampa as opções e acha a resposta

Ver as opções, o que pode gerar confusão. O melhor é que você leia as perguntas com as respostas possíveis tampadas e tentar respondê-las por si mesmo. Depois, pode ver as opções e avaliar o que está mais perto de sua resposta.

3. Cuidado com as palavras do enunciado

No próprio enunciado pode ser uma armadilha, por isso você deve prestar atenção a sua leitura. Se a pergunta diz “qual das seguintes opções NÃO é…” lembre-se que este NÃO está a negar a preposição.Essa é uma pegadinha muito comum em vestibulares, mas não tanto no ENEM.

4. Nenhuma ou todas as respostas anteriores

A melhor forma de lidar com esta questão é julgar cada enunciado individualmente, como verdadeiro ou falso. Se duas das respostas entram na categoria “nenhuma ou todas” é provável que as outras opções também o façam.Esse tipo de proposição é muito comum nos enunciados do ENEM, sobretudo na parte de interpretação de texto e humanidades.

William Poundstone, escritor norte-americano e autor de um guia que ajuda a obter os melhores resultados neste tipo de provas, garante que a resposta “nenhum dos anteriores” ou “tudo o anterior” será correta em 52% dos casos.

5. Escolha a resposta mais longa

O mesmo Poundstone recomendável optar por uma das respostas mais longas. Segundo o especialista, isso se explica que os criadores das provas devem certificar-se de que as respostas verídicas sejam indiscutivelmente, e isso geralmente demanda uma longa enunciação. Entretanto é preciso estar de olho nas pegadinhas, afinal, premissas pequenas e genéricas geralmente tem alta tendência a serem verdadeiras dependendo do contexto onde são inseridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *